Linfoma - você sabe o que é??



     Um dia eu chego em casa e vejo  minha caixinha de remédios destruída no chão, todos os medicamentos abertos, ampolas de epocler, pomadas estouradas, caixas de comprimidos mastigados, quase tenho um colapso de ver que meus cães, na ocasião o Scooby  estava vivo, poderiam ter engolido alguma coisa, mas aquela traquinagem era arte do meu querido Arthur para chamar atenção minha e do papai, pois bem, dei leite para ele e fiquei em observação.

     Dois dias depois percebi que o Arthur estava com uma pequena bolinha abaixo do pescoço como se fosse uma íngua, minha atitude não poderia ser outra liguei para o veterinário e disse o que havia acontecido e ele me falou o seguinte: " Esses pequenos nódulos não tem nada a ver com o possível medicamento que ele tenha ingerido quando mexeu na sua caixa de remédios...vamos fazer assim ..." e me passou o medicamento e em uma semana era para eu parar e ver o que acontecia...assim foi feito e depois de uma semana quando parei com a medicação dias depois esses nódulos aumentaram muito - eu me desesperei!!!

     Novamente liguei para o veterinário e marcamos a consulta para o outro dia e ai veio o terrível diagnóstico: " Ele deve ter LINFOMA, precisamos fazer um exame para constatar!" ai o Dr. Alex foi me explicando como seria o tratamento, o que era a doença e o pior que ela não tem cura!!!!!! se não tem cura o tempo de vida torna-se menor... o veterinário não poderia ser mais didático comigo, e me indicou uma especialista uma veterinária oncologista e ai iniciamos o tratamento.

     Esse diagnóstico me fez sofrer muito mas eu e meu marido decidimos que enquanto ele tivesse uma vida "saudável" e em quanto nós poderíamos lhe proporcionar o bem estar nós faríamos  o tratamento mas se em algum momento ele ficasse mal, não comendo, apático nós não deixaríamos ele sofrer!  Ainda bem que não precisamos fazer nada seu último suspiro foi no nosso colo... ( depois descrevo como aconteceu )

     Todo esse processo foi muito difícil se não fizéssemos o tratamento em 4 meses teríamos perdido ele e fazendo o tratamento uma sobrevida de até no máximo 1 ano e meio, optamos por fazer o tratamento!

O linfoma é uma doença de caráter maligno que acomete os linfonodos (gânglios), e se estende para outros órgãos como baço, fígado, pulmões e rins. Animais a partir de 7 anos de idade são os mais afetados. A forma mais comum do linfoma se inicia por um aumento dos gânglios, principalmente aqueles localizados abaixo da mandíbula.

     Embora essa doença não tenha cura ela pode e deve ser tratado visando o prolongamento da vida do animal.. O diagnóstico é feito através do exame clínico, análises dos gânglios (biópsia ou citologia por aspiração), ultra-sonografia, raio-X e exames laboratoriais.

     O tratamento é feito com medicamento de controle em casa e a quimioterapia, os efeitos colaterais são são como em seres humanos mas mesmo assim eles ficam enjoados e podem ter vômitos na primeira sessão, diarreia e perda de apetite.

     Existe alguns protocolos de quimioterapia e deve - se seguir rigorosamente o tratamento para que a doença não crie mais resistência. Terminado um protocolo há um espaço de tempo e ai depende de cada animalzinho, e começa tudo de novo com outro protocolo...

     Os remédios acabam afetando outros órgãos já que a doença é muito devastadora, mas nosso Arthur até dois antes de morrer ele comia bem, fazia suas necessidades e ainda me mordia quando eu chegava perto do meu marido - ele morria de ciúmes dele.

     A doença é implacável e triste mas eu faria tudo de novo já que nós tivemos o privilégio de tê-lo junto de nós por mais um ano, um ano cheio de alegrias e aprendizado. Agora só saudades!!!!

Arthur - de perfil

No colo da mamãe...

soninho...zzz

uma das últimas fotos...saudade meu filho!

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Quer um Taxi Dog Legalizado??? Scooby Taxi Dog !!!!

Viagem para Viamão - RS

Dia do Médico Veterinário