Febre Amarela

29 janeiro 2018


Nos últimos tempos estamos ouvindo muito falar em febre amarela, falar de parques nas cidades que estão fechados, falam dos macacos que foram encontrados mortos devido a doença, falam das vacinas e dos mosquitos, enfim ouvimos muito e as vezes não compreendermos muito.
Resolvi falar rapidamente sobre os sintomas, a transmissão e principalmente sobre a prevenção da doença.

Sintomas:
A febre amarela é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus e transmitida por vetores*. As primeiras manifestações da doença são repentinas: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias.  A forma mais grave da doença é rara e costuma aparecer após um breve período de bem estar ( até dois dias ), quando podem ocorrer insuficiências hepáticas e renal, olhos e pele amarelados, manifestações hemorrágicas e cansaço intenso.


mosquito-febre-amarelaTransmissão
febre amarela ocorre nas Américas do Sul e Central, além de em alguns países da África e é transmitida por mosquitos em áreas urbanas ou silvestres. Sua manifestação é idêntica em ambos os casos de transmissão, pois o vírus e a evolução clínica são os mesmos — a diferença está apenas nos transmissores. No ciclo silvestre, em áreas florestais, o vetor da febre amarela é principalmente o mosquito Haemagogus. Já no meio urbano, a transmissão se dá através do mosquito Aedes aegypti (o mesmo da dengue). A infecção acontece quando uma pessoa que nunca tenha contraído a febre amarela ou tomado a vacina contra ela circula em áreas florestais e é picada por um mosquito infectado. Ao contrair a doença, a pessoa pode se tornar fonte de infecção para o Aedes aegypti no meio urbano. Além do homem, a infecção pelo vírus também pode acometer outros vertebrados. Os macacos podem desenvolver a febre amarela silvestre de forma inaparente, mas ter a quantidade de vírus suficiente para infectar mosquitos. Uma pessoa não transmite a doença diretamente para outra.

Prevenção
Como a transmissão urbana da febre amarela só é possível através da picada de mosquitos Aedes aegypti, a prevenção da doença deve ser feita evitando sua disseminação. Os mosquitos criam-se na água e proliferam-se dentro dos domicílios e suas adjacências. Qualquer recipiente como caixas d'água, latas e pneus contendo água limpa são ambientes ideais para que a fêmea do mosquito ponha seus ovos, de onde nascerão larvas que, após desenvolverem-se na água, se tornarão novos mosquitos.

Como tudo nesta vida e seguindo o ditado popular " É melhor prevenir do que remediar." devemos fazer nossa parte acabando de vez com os focos do mosquito que é transmissor de várias doenças. Não deixar água parada, limpar os quintais, cobrir as caixas d'água, etc faz com que o mosquito não prolifere e consequentemente não seja o transmissor de doenças.

O que não podemos é deixar que as pessoas vivam na ignorância e pensem que são os macacos os causadores, eles são vitimas assim como nós!

E ai vamos fazer nossa parte? Conta pra nós o que você fez ou faz para ajudar no combate do mosquito!!  



FONTE:  https://www.bio.fiocruz.br/index.php/febre-amarela-sintomas-transmissao-e-prevencao

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/saude/vigilancia_em_saude/index.php?p=243611

Companhia de Gatos sempre um máximo!

07 janeiro 2018


A Catarina e o Arthur são dois felinos e como todo felino ama uma caixa, vieram a viagem toda sem fazer um barulho se quer... ( gatos sempre muito independente e fazem tudo na hora que desejam kkk ).







Esse belo casal vieram num voo doméstico fui buscá-los no terminal da Tam no Aeroporto Internacional de Guarulhos. Eles foram para a empresa, @petworktravel,  que realizou a documentação de seu translado para o Exterior, posteriormente retornaram para o terminal de cargas Internacionais de Guarulhos para seguirem viagem.


Jade


Pessoal conheçam a Jade essa mocinha super calma e meiga.

Ela chegou, num voo doméstico da cidade de Confins - MG, fomos buscá-la no terminal da cargas da Tam no Aeroporto de Congonhas.



No dia seguinte ela embarcou para a cidade de Los Angeles - EUA, fomos até o setor de Exportação do Aeroporto Internacional de Guarulhos onde seguiu viagem.

Para transportes internacionais há a necessidade de documentação correta e cada país e CIA Aerea  tem uma documentação com exigências que se não forem seguidas, o animalzinho não embarca. Por isso quando for viajar procure uma empresa que entende do assunto!

Aqui todo o translado foi providenciado pela Empresa Pet Work Travel (@petworktravel ) empresa parceira do @scoobytaxidog.