Registro Geral Animal (RGA)

06 janeiro 2013

Queridos Leitores,

Vamos registrar nossos amigos peludos!!!

Quem é dono assume!
O registro é a maneira mais eficiente para identificação do animal, pois é a sua carteira de identidade.
O animal registrado recebe uma plaqueta com um número e deve usá-la permanentemente presa à coleira.
O Registro Geral Animal (RGA) é obrigatório por lei na cidade de São Paulo para cães e gatos (Lei Municipal 13.131/2001).

O número do RGA do animal é único e permanente!
Em caso de perda ou extravio da plaqueta do RGA, a segunda via deve ser providenciada no Centro de Controle de Zoonoses ou estabelecimentos veterinários credenciados, mantendo-se o mesmo número do RGA anterior.
Para maior segurança do animal, além do RGA, recomenda-se também o uso de uma identificação na coleira contendo nome e telefone do proprietário; caso o animal se perca, aumentam as chances de ser encontrado.
Não é raro encontrar animais perdidos sem nenhuma identificação ficando impossível localizar sua origem. Nem sempre o destino deles é feliz e isso poderia ser facilmente evitado. Os cães devem sair sempre com coleira e guia acompanhados de uma pessoa capaz de controlá-los.
Os gatos são geralmente mais ariscos, por isso, devem ser sempre transportados dentro de caixas especiais ou com algum tipo de contenção que possibilite o seu transporte com segurança.

Como obter o registro?
O registro é realizado no Centro de Controle de Zoonoses, ou estabelecimentos veterinários credenciados. O proprietário precisa apresentar:
  • CIC;
  • RG;
  • Comprovante de residência;
  • Atestado de vacina contra raiva emitido e assinado por médico veterinário ou comprovante do Centro de Controle de Zoonoses do município expedido nos 12 meses anteriores ao RGA.

Informações e Solicitações: Centro de Atendimento da Prefeitura - tel. 156 -  Prefeitura de São Paulo.

( Fonte: Página Prefeitura de São Paulo - em 06/01/13 )


A velhice de um cão


Queridos ,


A Esposa de um grande amigo me enviou...olha que lindo!

"A Velhice de um Cão"

Seu cachorrinho lhe proporcionou muitas alegrias.
Cuide pra que ele tenha um final de vida feliz.

... Sempre que for possivel
... deixe sempre ele permanecer ao seu lado, pois este será, realmente, um dos poucos prazeres que lhe restarão na velhice.

A grande despedida esta próxima
E ele por instinto sabe disso

E natural que deseje a companhia daquele que aprendeu a amar
e respeitar durante a sua vida.

Nao o abandone agora
Ele já nao será aquele animal bonito de antes.

Seu pelo começará a cair,
seu caminhar perdeu a elegância
e sua cabeça penderá
cansada sobre suas patas.

Somente o seu olhar
acompanhará os passos do seu dono.

Lembre-se, que dentro do peito ele ainda posssui aquele coração que vibrará com o som da voz de seu mestre.

E chegando ao fim
nao se envergonhe,
chore.

Voce acaba de perder o mais dedicado dos amigos..
o CÃO."


( Autor desconhecido - mas Indira Kraut que me enviou )


Inspiração!!!

 Queridos Leitores,

vou dividir aqui  minha estória que findou numa realização.

Em meados de abril/2012 me mudei do bairro da Mooca- São Paulo para a cidade de Guarulhos e nesta ocasião precisei, além da minha mudança é claro, levar meus bebezinhos peludos ( tudo bem que já não são bebezinhos...o  Scooby - um lindo Pastor com Rottweiler de 10 aninhos e o Arthur um Fox Paulistinha de 6 aninhos) para a nova residencia um apartamento de 56m² (isso será discutido num outro post ) pois bem nada de complicado se eu tivesse carro como isso não fazia parte de nós resolvi ir em busca de um taxi dog e ai começou minha dor de cabeça...NÃO SE ACHA TAXI DOG E QUANDO SURGE UM NÃO TEM A MENOR POSSIBILIDADE DE VOCÊ CONFIAR, o carro geralmente é pequeno e não atendia minha necessidade já que eu tenho um cão grande e pesado....
A busca permaneceu até que encontrei um e assim finalizei minha mudança.

Passado pouco tempo verifiquei que para mim tudo seria complicado já que o local do banho, a clinica veterinária deles ficaram no bairro onde eu vivia e como levá-los até lá sem carro???  A opção foi buscar outro Pet Shop para os banhos e o veterinário nós nos falávamos por telefone quando surgia alguma dúvida....


Infelismente em outubro/2012 eu me deparei com algo, que a princípio não seria nada grave mas que se tornou em dor, sofrimento e também num novo horizonte e a somatória de outros acontecimentos e sentimentos resultaram no que é hoje o SCOOBY TAXI DOG, muito difícil de entender e compreender o que seria o futuro  já que descobrimos que nosso Arthur tinha uma doença incurável( também falarei disto num outro post detalhadamente ) e precisaria fazer quimioterapia e exames semanalmente...e agora como seguir em frente???

Lembrei-me do rapaz que fez o transporte  quando me mudei e liguei  imediatamente...mas como eu precisava com uma certa frequencia, ele também não podia nos atender como eu precisava e o custo neste caso ficou muitooooo  altooooo, neste momento conturbado entre uma coisa e outra meu marido resolveu então ( que estava em nossos planos ) comprar um carro mas não estava nos meus planos que ele resolvesse mudar radicalmente sua vida profissional ( depois falo sobre isso...) pediu as contas, se especializou e estamos trabalhando com o taxi dog desde então!!!!

Ah sim o Arthur segue seu tratamento muito bemmm nós damos muito amor e carinho é visível o quanto ele está bem!!!

A necessidade fez com que comprassemos um carro grande, equipamos, compramos caixas seguras e higienizamos a cada novo passageiro, e estamos dedicados a fazer o melhor transporte para seu amiguinho.

Assim surgiu o SCOOBY TAXI DOG, agora estamos buscando uma amplitude maior em divulgação...por isso resolvemos fazer o blog e o facebook ( que vai melhorar...).

Espero que tenham se identificado com o amor que temos pelos animais e se precisar estamos aqui para servi você e seu amiguinho de 4 patinhas.

Com carinho,

Rogério e Simone

Visitem!!!!

05 janeiro 2013

Oi!!!

Vamos dar uma espiadinha na nossa página do face???/

www.facebook.com/scoobytaxidog


Bj